Comida di Buteco em Belo Horizonte começa em abril e o tema é cereais – 2017

49 bares espalhados por Belo Horizonte, um tema, preço bom e a comida deliciosa.

Fui convidada para o Lançamento do Concurso Comida di Buteco que aconteceu no Mineirão. Sim! Foi muito especial. Pensa só: Camarote Brahma, o Mineirão a noite só para convidados e 8 botecos apresentando seus pratos. Foi perfeito!

O concurso existe desde 2000 e tem a finalidade de resgatar e valorizar a culinária de raiz. Além do que, transforma a vida dos bares participantes, já que o movimento durante o período aumenta consideravelmente e com isso surge a oportunidade de conquistar novos clientes e fidelizar ainda mais, os antigos. Toda vez que encontro com algum proprietário de bares participantes, eu sinto a alegria e o carinho que falam sobre o concurso.

Funciona assim: os botecos criam petiscos exclusivos para participar do concurso, o público vota e um corpo de jurados também. Cada concorrente é avaliado em uma escala de 1 a 10, nos quesitos petisco, atendimento, higiene e temperatura da bebida. O petisco leva 70% do peso da nota, e as demais categorias 10% cada uma. O voto do público vale 50% do peso total, e o dos jurados 50%. Massa, né? Isso acontece em cada uma das 20 cidades e depois, o melhor petisco do Brasil, é eleito.  

O tema visa estimular a pesquisa da cultura gastronômica por parte dos butecos, a criatividade e a pluralidade no uso de recursos, ingredientes e histórias. Esse ano o tema é CEREAL. Todos os pratos precisam usar algum cereal como ingrediente. Alguns cereais: Arroz / Aveia / Cevada / Linhaça / Milho / Quinoa / Trigo.

Bar: Era uma vez um Armazém

Ninho de Minas: bolinho de paella mineira com queijo canastra servido em ninho de crispy de couve. Acompanha molho a base de geleia de cachaça e pimenta rosa. Ainda não conheço o bar, que fica no bar que fica no bairro buritis, mas estou curiosa. Se for pelo petisco, já amo! Meu preferido da noite!

Bar: Já tô inno

Tu Di Mí: milho tropeiro acompanhado de carne de panela cozida com milho-verde, especiarias e molho base de cerveja artesanal. Prato lindo, farto e bem saboroso. O bar já participou do concurso 3 vezes e ganhou nas 3.

Bar: Sinhá Erozita Bistroteco

Bela, Recatada e da Roça: Lingua ao molho de vinho, acompanhada de farofa de pipoca e purê de banana-da-terra. Descobri mais um uso para fazer da pipoca e adianto: maravilhoso! Para quem aprecia lingua, não vai arrepender!

Bar: Prosa Mineira

Par de Coxas Bronzeadas: sobrecoxas assadas e regadas com manteiga de garrafa, recheadas com farofa de farinha de milho. Acompanha bolinho de farinha de milho recheado com bacon, queijo e azeitonas. 

Bar: Santuário retrô botequim temático

Ossobuco “Du Retrô”: ossobuco italiano ao molho retrô mineiro acompanhado de torradas e guisado de quinoa peruana.

Bar: Armazém do João

Brasileirinho Embriagado: almôndegas de carne de porco sobre cama de polenta, cobertas com crispy de couve. Maravilhoso. Fiquei muito em duvida entre esse prato e o bolinho de paella , porque essa almôndega de porca esta muito saborosa. 

Bar do João (Santa Branca)

Tô Bicudinho: Filé-mignon ao molho de cerveja preta com champignon e cebola, acompanhado de minibatatas com gergelim e molho especial da casa.

Onde é: diversos bares de BH. Quando ir: de 14 de abril a 14 de maio de 2017. Quanto custa: os petiscos terão o preço máximo de R$25,90. Para ver a lista de todos os bares: #cliqueaqui .

1 Comentário

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.

Hugo Sasdelli

BH Dicas

CONECTE-SE

Verdemar