Home Carnaval É um Belo Horizonte!
3

É um Belo Horizonte!

0
3

Belo Horizonte, cidade Linda que eu tanto amo!

❤️ Meu amor por Beagá ❤️

Eu bem provavelmente não saberia explicar teoricamente (com tanta precisão, quanto um estudioso do assunto) sobre as nossas montanhas. Eu sei o que sei, pelo que sinto, pelo que vivi e pelo que vivo no dia-a-dia da minha cidade. E também, por tudo que ouvi a vida inteira, sobre os “causos” mineiros e sobre a nossa tradição! É muita história e tem coisas que não se aprende em livros, se aprende com a experiência. 

Sim, nós adoramos um “pãozim” de queijo com café, uma cachaçinha da boa, – Quem nunca ??? Nós adoramos visitas e receber as pessoas em nossas casas, servimos um bolinho quente, uma broa, um queijinho com café… e tudo isso, com o coração mole e os olhos bem abertos, rs.. Porque sim! ..nós somos meio desconfiados, achamos que as vezes aquilo que está parecendo pode, no fundo, ser outra coisa… mas aí…. : passa! (as vezes, kkkk).

E quando passa, amamos como poucos! Mineiro pode até ser desconfiado, mas nosso amor, não tem igual. Somos amigos, amigos mesmo, sabe? “Tipo assim“, a gente fala “tipo assim” , “Aqui” antes de começar uma frase, a gente fala “ow” e “Tchau procê” na hora de ir. E não, não gostamos que chamem a cidade de Belzonte. Só acho.

Somos família, e de alguma forma preservamos essa instituição, valorizando esse contato. Não é a toa que a Tradicional Família Mineira é tradicional, rs. A gente gosta é de conversa boa, um tira gosto bem “bão“, uma cervejinha bem gelada, e de preferência sem ter hora pra “acabá“. Por aqui não tem tempo ruim, não! A gente anima qualquer “butequinho” das nossas esquinas, pode escolher! Toda hora é hora.

Pulamos carnaval esse ano como se não houvesse amanhã e ainda, até sem perceber, cuidamos uns dos outros.. e cuidamos porque a gente ama Beagá. E a gente ama quem ama Beagá!  Foi muito emocionante participar dessa festa maravilhosa! E não vejo a hora do carnaval chegar.

…. somos tradicionais?… isso aí já cabe uma tese, hahaha e eu só sei que somos EXIGENTES. Não levamos qualquer coisa para casa, não aceitamos qualquer resposta e geralmente não anunciamos nada. “Comemos quieto“, como dizem por aí. Ahhh!! É que a gente prefere assim!

A gente curte uma boa comida, com “sustança“, bem feitinha e com pessoas da melhor qualidade ao redor. Porque comer bem requer companhia! E de companhia a gente também entende: rola algum fenômeno na cidade, porque “Beagá é um ovo” e todo mundo conhece todo mundo. São só 5 minutos de “cunversa” que a gente descobre, quem conhece quem! É certo isso, cuidado.

Gostamos de “gente boa de serviço“, e podemos até não falar tudo de acordo com o dicionário Aurélio, mas óh: tô para achar sotaque mais lindo, viu? Ainda que, toda santa vez, que eu escute na Tv alguém daqui, – e é bem óbvio identificar, não tem erro!, eu penso: “Não é possível, será que eu falo desse jeito?” Sim! Eu falo! E amo, e acho lindo! Aí, começo a me observar e ““, “uai“, “trem” e “negócio” fazem parte de todo meu vocabulário cotidiano, e por mais doido que isso possa parecer, não tenho nenhuma dificuldade de comunicação, aqui, todo mundo entende.

A gente vai no nosso Mercado Central, e a cada vez que isso acontece é como se fosse a primeira vez. Se a gente não ficar perdido lá, mesmo indo toda semana, tem um trem errado. Ficamos encantados com tamanha “mineirice” ali, escancarado na nossa cara. É muito amor!

Gente, eu não sei se conseguiria descrever a alegria que me dá quando eu olho para o céu assim.. numa quinta-feira qualquer, do nada.. e vejo quase uma pintura desenhada, englobando toda cidade que meus olhos conseguem ver.. é muita emoção e sempre me dá vontade de chorar, fico muito feliz de ser de Belorizontina. Aqui realmente não poderia ter outro nome de jeito nenhum..

…em qualquer que seja o canto que você esteja, tem sempre um Belo Horizonte para contemplar.

❤️ Amo muito Beagá ! ❤️

bh dicas

Comente(3)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *