Home Eventos Nosso Mineirão e dois gigantes da música: Paul Mccartney e John Mayer
1

Nosso Mineirão e dois gigantes da música: Paul Mccartney e John Mayer

Nosso Mineirão e dois gigantes da música: Paul Mccartney e John Mayer
0
1

Ei gente! A semana que passou foi bem agitada em Belo Horizonte, com as visitas que chegaram né? Não é para menos. Receber um ex-beatle bem aqui na terrinha e dias depois um dos maiores músicos contemporâneos, é de tirar qualquer cidade da rotina. 

Segue um pouquinho de como foi os dois shows. Mas não sem antes te avisar que semanalmente envio para o e-mail de quem está cadastrado, um resumo do que acontece por aqui. Para receber #cliqueaqui. E se ainda não me acompanha no instagram, por favor, vamos mudar essa situação. Por lá, sempre coloco videos e divido minha experiência quase que em tempo real. #cliqueaqui .

Dito isso, segue minhas impressões.

Show do Paul Mccartney

Show do Paul Mccartney: eu poderia te falar que não tenho palavras para descrever o momento, mas na verdade eu tenho. E muitas. Paul estava aqui, respirando ares mineiros, bem no Mineirão. Tem noção, gente? Eu sei que ele já veio em BH, mas é que eu não pude ir naquele show e só agora, senti tudo aquilo que todo mundo que já foi, presenciou.

No palco, realmente um show.

De simpatia, arriscou frases em português, deu uma reboladinha mara, arrepiou cada um que estava lá com suas músicas incríveis e seu tom de voz emocionante e ainda terminou com um sonoro “valeu sô”. Me fez entender, ali, ao vivo, aquilo tudo que meu pai sempre dizia quando falava dos Beatles na minha infância.

Meu olho brilhou olhando para Paul e para as pessoas de todas as idades que estavam ali cantando junto, vibrando e agradecendo por estar vivo para poder ver um ex-beatle bem aqui, no nosso quintal. Que noite!!

Show do John Mayer

E também teve John Mayer!!

Eu não sou a expert em saber sobre a história dele, nem detalhes sobre o disco. Por isso, pedi ajuda a quem é fã numero 1 de carteirinha: Marina Nogueira, colunista desse blog!

Uma coisa é fato: ele toca muito!!! Não é à toa que Éric Clapton já falou que ele é um dos melhores guitarras contemporâneos. Ele também canta MUITO. Que delicia de ouvir! E de ver. Tem artista que a gente vê estampado na cara o prazer que sente em fazer aquilo que se propõe. John Mayer é um deles.

O show foi divido em capítulos. O efeito visual dos telões não era assim, comum. Estava bem diferente e mudava a cada música. Tocou as clássicas e as mais legais do cd novo. No final, os celulares acesos em GRAVITY fez os olhos brilharem!

A organização também está de Parabéns, fácil de pegar comida/bebidas, segurança e boa estrutura. A Budweiser não patrocina/anuncia no bhdicas, mas preciso reconhecer que o show do John Mayer estava impecável. Já guarda essa informação para que das próximas vezes quando ver um show patrocinado pela marca, a probalidade de ser ótimo é grande.

Por fim, muito agradecida a Benedita e a Rede. Assessorias maravilhosas aqui de Belo Horizonte que tornaram toda essa experiência possível.

Quem foi? Me conta aqui o que achou ???

Comente(1)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *