O Damasco seco como petisco para o cachorro

Aumiguinhoooos, para tudo que hoje vamos falar de petiscos!!!!

Os petiscos fazem parte da alimentação de todo pet que se preze. Toda vez que fazemos alguma coisa certinha, ganhamos. Parece que usam como reforço positivo, incentivando aquelas ações desejadas, não sei. Apenas desconfiamos disso!

Antes, era quando fazíamos xixi no tapetinho, mamãe fazia a maior festa e as vezes, dava um petisco para que a gente entendesse que era certo fazer xixi ali. Auminguinhos, entendam: toda vez que seus pais humanos fazerem a festa, te darem muito carinho e complementarem com um petisco, é porque você fez alguma coisa certa. Faça de novo, e ganhe a recompensa.

Gostamos de vários petiscos, mas como saber qual o melhor? Observando. Nós adoramos ganhar qualquer petisco, mas têm alguns que não comemos de jeito nenhum. Por outro lado, tem um preferido: damasco seco, ou turco como algumas pessoas chamam.

Isso começou, quando eu – Fadah estava com quase 1 aninho de vida e fui com mamãe e com o papai para o Rio de Janeiro. Ficamos hospedados na casa de um casal muito querido, e a anfitriã, que também ama muito os cachorrinhos, todo dia me dava um pouquinho de damasco. Pensa só que alegria! Eu estava acostumada só com ração, e de repente, recebia damasco ilimitado… eu ficava muito eufórica!!! Depois dessas semanas de mimo, ao chegar em Belo Horizonte, não teve como papai cortar. De manhã, quando eu acordava, corria para a porta da geladeira – aqui em casa o damasco fica na geladeira, e esperava o meu damasco. Faço isso até hoje. Morro de preguiça de levantar, mas quando desperto, vou direto pra geladeira. Teve uma época, que eu acordava mamãe as 7:00 hrs da manhã, no fim de semana, pedindo o damasquinho. Ela ficava muito brava, e por isso fiquei sem ganhar, por um período. É claro que não fiz mais isso. Hoje aguardo com paciência.

Melhor petisco!

Mamãe e Papai, conversaram com o Tio Eduardo – meu médico e ele liberou! No inicio, eu ganhava 1 damasco inteiro, mas eu engolia com pressa, sem mastigar. Aí, começaram a picar, em pequenos pedacinhos. Além de economizar, porque sei que damasco não é muito barato, facilita a minha mastigação e digestão. A tradição já foi transmitida para a minha filhinhaa, a Frida. A gente acorda e corre direto para porta da geladeira, e só saímos de lá, depois de ganhar nosso damasco matinal. Quando não tem, papai tenta me enganar com alguma frutinha, mas não somos bobinhas. Ficamos muito chateadas!

Petisco bom é petisco que faz bem para a nossa saúde.  O damasco é rico em beta caroteno, fibras, vitamina A, E e Ferro. Previne o câncer, é antioxidante, auxilia na digestão, equilibra o metabolismo, ajuda a melhorar a visão e faz muito bem pro funcionamento do intestino. Se tiver algum aumiguinho com problemas de constipação, podem comer, que vão se beneficiar. Previne anemia e melhora a qualidade do nosso pelo. Faz bem para humanos e também para nós, cachorrinhos.

Recomendamos dose diária de damasco. O custo disso pode ser um pouco alto, mas calma. Mamãe tem esse blog, para ajudar né? No Mercado Central de Belo Horizonte, ela encontra pacotes de damasco com preços beeeem mais baixos. É que existe uma opção de damascos, um pouquinho mais escuro e que custa bem menos.

Lambeijos,

Fadah e Frida

1 Comentário

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.

Hugo Sasdelli

BH Dicas

CONECTE-SE

Verdemar