Home #CORRENATY Qual tênis usar?
1

Qual tênis usar?

0
1

Com certeza, as primeiras perguntas e mais frequentes que recebemos sobre a corrida é : qual tênis usar? Qual melhor tipo de tênis para essa ou aquela prova? Ou para meu “tipo de pisada”?

Apesar de termos conhecimentos gerais sobre o assunto ou muito aplicados à prática de anos, costumo dizer que a resposta de “qual tênis usar” é uma escolha quase tão pessoal quanto a escolha do cônjuge, rs. Vai muito além da estética, preço ou apenas o tipo de pisada.

1bhdicas rodrigoSabe aquele tênis parado há anos no armário?! Use para caminhar, malhar, passear. CORRIDA é coisa séria e não vale economizar no acessório mais importante para sua eficiência.

Para nos orientar melhor, “corri” atrás do Rodrigo Roehnnis, especialista em tênis de corrida há 16 anos. É consultor de produtos de running e triatlhon para lojas do setor e considerado um dos maiores experts no assunto. Como atleta, já participou de mais de 200 provas, entre elas 14 maratonas no Brasil e no exterior:

– Quais os erros mais comuns dos corredores (iniciantes e “velhos de guerra” – como eu rsrs)

R: Eu diria que principalmente as pessoas que estão começando a treinar com mais rotina, com o interesse de correr suas primeiras provas de 5km e 10km, alguns destes “grupo grande de novos corredores”, compram determinado modelo porque gostaram da cor já que irá “combinar” com o restante da roupa de corrida, sem se importar se o modelo é para o tipo de pisada dele, estrutura corporal, e o tipo de treino e prova que irá fazer. Outros acreditam que os modelos mais caros do mercado, são os melhores. Puro engano. Alguns modelos que encontramos no mercado com valores acima de R$1.000,00 nem de corrida eles são, apesar de algumas marcas classificarem estes produtos como “running performance”, confundindo este corredor que não tem muita informação técnica sobre os tênis de corrida.

– Qual a diferença de uma analise de pisada “superficial” e o teste que você faz?

R: Somente a análise do tipo de pisada é algo interessante e importante de se fazer. Atualmente diversas clínicas de fisioterapia esportiva, assim como lojas, aplicam o teste com eficiência e qualidade. Acredito que a diferença do meu trabalho, para estes locais, é que eu antes de realizar o teste, seja em uma loja especializada de corrida, ou através de alguns vídeos específicos que solicito ao corredor, que prefere fazer a consultoria on-line, eu envio um questionário com uma série de perguntas, relacionadas á treinos, provas, histórico de lesão, histórico de tênis utilizados, tempos em provas, objetivos de provas, estrutura corporal, etc. Após a realização do teste, eu recomendo alguns modelos para o objetivo de prova e estrutura corporal de cada atleta. O fato de eu testar tênis de corrida o tempo inteiro praticamente facilita as sugestões que coloco para cada corredor.

– Qual a vantagem de se ter esse “cuidado” da escolha do tênis a curto e longo prazo?

R: Evitar lesão, e algum desconforto maior em treino ou prova é o principal objetivo. Como falei anteriormente, eu percebo que algumas pessoas acreditam que o tênis mais caro do mercado é o melhor tênis de corrida, e após comprarem, não se adaptam ao modelo, arrependendo-se do investimento. Outras pessoas quando pegam um tênis de competição na mão, ao notarem a leveza do tênis, comparado com um modelo para treinos diários, decidem a compra por este fator, não levando em conta seus objetivos de treinos e principalmente sua estrutura corporal. Em alguns casos o atleta está acima do peso e mesmo assim prefere comprar este modelo achando que será “mais rápido”, pelo tênis ser muito leve. Não faz a adaptação adequada, e a chance de lesão é muito alta.

– Em geral, qual tênis é indicado para qual tipo de prova?

R: Isso é muito relativo. Eu levo em conta com relação aos atletas que atendo, se as provas que eles irão correr, são curtas ou longas, e se tem um índice altimétrico considerável, além de outros fatores. Existem modelos de competição que são mais indicados para provas de 5km e 10km, porém alguns atletas são extremamente adaptados á estes modelos e correm sem qualquer problema, provas longas como Meia Maratona e Maratona.

– Quais são as marcas importantes que são famosas no mundo e que os corredores brasileiros não conhecem?

R: Nas palestras que realizo pelo Brasil para assessorias esportivas, academias, grupos de corredores, empresas, etc, sobre “O Universo do Tênis de Corrida” (este é o tema da minha palestra), eu sempre falo de marcas que tem ótimos produtos, porém algumas não estão presentes no Brasil. Outras já estiveram, mas por pouco tempo. É o caso da Brooks, Zoot e Newton. A Saucony, uma marca muito identificada no mundo do triathlon esteve presente no Brasil até o inicio deste ano, porém encerrou as operações. A Hoka One One, uma marca que não para de crescer principalmente nos EUA e Europa, tem somente 6 anos de existência, e também não está presente no Brasil, apesar que muitos corredores e triatletas já conhecem o produto e estão aprovando.

– Como funciona seu trabalho?

O trabalho da consultoria de tênis que realizo com corredores e triatletas, sejam eles iniciantes, amadores bem treinados, e até alguns profissionais, consiste especificamente em  indicar modelos (independente da marca), com as características de pisada, biomecânica, objetivos de provas, tipos de treinos, estrutura corporal, etc. Os corredores que são de São Paulo, e aqueles que moram em outras cidades, porém conseguem se deslocar, realizamos a consultoria presencial, com análise de pisada, na qual após o resultado, eu sugiro alguns modelos que a pessoa irá testar na esteira da loja, me passando um feedback imediato de cada modelo diante de algumas perguntas que faço. Para corredores e triatletas de outros estados que não tem como se deslocar á São Paulo, realizo a consultoria on-line, na qual eles me enviam alguns vídeos correndo em esteira, a partir da análise, conversamos via whatsapp ou Skype onde tiro mais algumas dúvidas, além das respostas que eles enviaram através do questionário prévio, e então eu faço um laudo com sugestões de modelos. Este laudo também é enviado aos atletas que realizam a consultoria presencial.

– Como funciona o “prazo de validade” dos tênis? Tem problema comprar tênis de “coleções” passadas nas lojas?

R: Sobre a vida útil, os tênis para treinos diários, que chamamos de “rodagem” – em geral suportam 800-900 km – depende da pessoa, do peso do usuário, terreno em que for utilizado. Um tênis de competição vai variar entre 400-500 km. Ele tem menos material, menos composição; é  um perfil mais leve e baixo; portanto tem menor vida útil. Isso é a diferença entre essas duas categorias (modelos de rodagem e de competição).

O tênis começa a ter o ressecamento e descolamento após 3 anos se ele não for utilizado e estiver “na caixa”. O fato de comprar um tênis de coleção anterior, não tem problema nenhum. Dificilmente acontece algum problema, ainda mais se estão armazenados nas caixas e em locais arejados. É muito  recomendado que a pessoa que quer começar a correr, não retome aquele tênis antigo guardado.

Avaliar todos os pontos acima citadas pelo Rodrigo, são de extrema importância para ajudar a ter uma “vida longa” no esporte. A escolha do tênis está estritamente ligada à evitar lesões e a maioria das pessoas não levam isso tão a sério.

O Instagram do Rodrigo é  #cliqueaqui – para quem quiser acompanhar seu trabalho e indicações!

Entre em contato com ele, e agende sua consultoria!!!

Alguns modelos:

Tênis rodagem: mais estruturados, mais material – maior vida útil. Eu gosto do Asics Kayano (pronado).
Marca Hoka One One – não chegou no Brasil, mas foi bem aprovada por aqui!
Marca Hoka One One – não chegou no Brasil, mas foi bem aprovada por aqui!
Tênis competição: menos material, mais leve- menor vida útil. Gosto do Nike Free Run para provas curtas (até 10km)
Tênis competição: menos material, mais leve- menor vida útil. Gosto do Nike Free Run para provas curtas (até 10km)

Beijos,

assinatura natália vasconcelos

Comente(1)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *