Home BH Dicas Pelo Mundo São Paulo | 2016
9

São Paulo | 2016

0
9

Adoro São Paulo.

Minha história com a cidade é de família. Meu pai morou grande parte da vida dele na capital, assim como seus familiares, que ainda vivem na cidade. Euzinha morei em diversas épocas da vida lá. A última vez, foi quando estava com 14, 15 anos. Fiz amigos, aproveitei do clima (que eu amo) e desfrutei de tudo que a cidade proporciona. Imagina?! Por pouco seria SPdicas, rs!

Dá pra comparar com Belo Horizonte? Não. Não dá. É tudo diferente. O estilo de vida, os programas e as opções. É “cidade grande” eu diria. Vira e mexe eu crio alguma oportunidade para visitar São Paulo e me atualizar das milhões de coisas que estão acontecendo na cidade, que seria a minha segunda casa.

Em junho de 2016 fui visitar a Casa Cor São Paulo e aproveitei para ver as novidades. Caí em ciladas? Sim, caí. Porque tem coisa que mesmo todo mundo te avisando que não é boa, você precisa ver com seus próprios olhos. Tudo bem. A gente aprende.

Neste post, vou dividir o que fui, visitei, conheci e amei dessa última vez. Está pouco. São Paulo tem muitos lugares, inúmeras opções e como eu já conheço boa parte da cidade, me dou ao “luxo” de voltar e ficar por conta de conhecer as novidades, retornando em algumas coisas que sempre amei.

Se você, assim como eu, ama São Paulo, dá uma olhadinha se já conhece esses lugares. Quem sabe te ajuda a conhecer lugares diferentes, na sua próxima ida a cidade. Dica: baixe o app TripAdvisor . Na falta de um bhdicas SP, ou um SP dicas, ele ajuda muito, com as opiniões dos usuários sobre a experiência que tiveram em cada lugar. Além disso, não deixe de colocar a sua experiência. Afinal de contas, ela pode ajudar outras pessoas também.

No final segue as fotos de tudo, ok?! E se quiser saber mais, é só clicar no nome do lugar, o blog já direciona para o site com mais informações. Os valores e horários de funcionamento estão de acordo com a data do post, mas acredito que com os links disponíveis não seja difícil atualizar as informações.

Love you Sampa!

Foto: Google
Foto: Google

Masp – Museu de Arte de São Paulo

O Museu de Arte de São Paulo é um museu privado sem fins lucrativos, fundado pelo empre­sário brasileiro Assis Chateaubriand, em 1947, tornando-se o primeiro museu moderno no país. Seu acervo é tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN desde 69, e possui atualmente cerca de 8 mil obras, dentre as quais destacam-se as pinturas ocidentais, principalmente italianas e francesas.  Foi projetado pela arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi e é famoso também pelo vão de mais de 70 metros que se estende sob quatro enormes pilares. É palco de feiras e manifestações, está passando por reformas, vai ampliar para abrigar as obras do seu acervo de forma permanente, é lindo e precisa conhecer. Se não gostar muito de museu (te entendo), dá uma passadinha para pelo menos ver por fora. Vale a pena.

Onde é: Av. Paulista, 1578 Bela Vista. Quando ir: ter a dom de 10:00 às 18:00 – bilheteria aberta até 17h30. quin 10:00 às 20:00 – bilheteria até 19:30. Quanto custa: R$25,00 (entrada) / R$12,00 (meia-entrada). Pra ligar lá: (011) 3149-5959.

Eataly São Pauloeataly sp bhdicas

A ideia por trás do Eataly é reunir todos os alimentos italianos de qualidade sob o mesmo teto, um lugar onde a gente possa comer, comprar e aprender. São 29 lojas no mundo. Quinze delas estão na Itália, nove no Japão, duas nos Estados Unidos, uma em Dubai, uma em Istambul e agora a bem pouco tempo, São Paulo ganhou também. A cidade foi escolhida para ser a primeira da América Latina a receber um Eataly, por ser o lugar onde vive o maior número de italianos fora da Itália.

Eu não fui como moradora e sim como turista e acho que isso faz diferença na percepção. Quem mora pode aproveitar os produtos diferenciados do mercado, participar de workshops e provar com calma, os 13 pontos de alimentação que o mercadinho chic oferece.

Eu fui, conheci, comi no restaurante de massas (ótimo por sinal), não achei tanta variedade de coisas pra casa e sinceramente gostei mais do Eataly de NYC. Mas de qualquer forma, vale a ida, principalmente para quem não conhece, nenhum.

eataly sp bhdicasAlmoçamos no La Pasta. Pedi um Carbonara e meu marido uma Pizza Burrata, muito boa. Inclusive, se a fome não for de leão da pra dividir. Arrependemos, já que a pizza estava infinitamente melhor que a massa. Os valores dos pratos variam de R$25,00 até R$64,00.  E Pense na sobremesa. Lá tem uma estande da Nutella com crepes recheados maravilhosos. Valores dos doces de nutella, oferecidos: de R$5,00 a R$18,00.

Onde é: Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 1489. Quando ir: dom a qui das 8:00 ás 23:00 / sex e sab das 8:00 ás 24:00 hrs. Quanto custa: não paga pra entrar, restaurantes tem preços variados assim como os produtos. Pra ligar lá: (011) 3279-3300.

 

Lush SP - bhdicasLush | Cosméticos

Já tivemos esse prazer. Aqui em Beagá tinha uma loja da Lush no BH Shopping, depois no Diamond Mall, eu amava. Foi meu primeiro contato com os produtos e virei cliente assídua, na época. Depois fechou e nunca mais tive notícias. Até que, andando assim como quem não quer nada pelo Jardins, nossos caminhos se cruzaram novamente.

A marca britânica, produz cosméticos sem testes em animais, com pouca embalagem pensando no meio ambiente, ingredientes naturais e tudo é feito a mão, artesanalmente. A loja lembra um mercadinho, mantém o mesmo conceito em todas as unidades pelo mundo e oferece produtos para os cabelos e para o corpo.  Tudo muito cheiroso, de qualidade e com durabilidade boa. São sais de banho efervescentes, espuma para banho, sabonetes, shampoo em barra, cremes e muito outros. O objetivo deles, é trabalhar com todos os sentidos do cliente. É cheiro, cor, e som também. Tem até espuma de banho que solta som! São muitas novidades e a gente fica meio desorientado dentro da loja. Eu quero levar tudo. Barato? Não muito, mas vale o investimento. O prazer que a gente sente usando os produtinhos, vale. Na loja que visitei, funciona também o Spa Lush. Não conheço, mas deve ser uma maravilha.

Compramos uma novidade mara!! Um sabonete, que vem como se fosse uma gelatina. Mostrei outro dia lá no snapchat e o pessoal amou! No potinho, é molenga e suuuuuuper cheiroso. Aiiiii, Lush: bora voltar pra Beagá?! Nunca te pedi nada.

Onde é: Rua da Consolação, 3459 no Jardins. Quando ir: seg a sab de 10:00 as 21:00 hrs / dom de 11:00 as 19:00 hrs. Quanto custa: a maioria dos produtos são vendidos no kg. Mínimo de 100 g. Pra ligar lá: (011) 3052-1739.

Burger JointBurger Joint bhdicas sp

A filial da hamburgueria nova-iorquina que funciona escondida dentro de um hotel chique em Nyc, abriu as portas em Sampa. A inspiração (digamos assim) é a mesma, apesar das diferenças entre as duas.

A indicação de que a hamburgueria existe fica por conta de um hamburguinho (super fofo por sinal) de neon na porta do lugar. Fica de olho quando for procurar, ok!? Lá dentro, foram reproduzidas as paredes de madeira, prontas para serem rabiscadas pelos clientes – oferecem as canetinhas. Não só paredes. A gente pode escrever em tudo. Cadeira, mesa, geladeira, até no lustre. Pôsteres de cultura pop americana estão espalhados pelo salão e funciona assim: a gente faz o pedido no balcão e aguarda ficar pronto. Não demora muito, mas quando eu fui estava vazio. Chegamos, sentamos na mesinha e estamos aguardando. Até que o moço explicou como funciona.

joint bh dicas
Eu e ele

São duas opções: hamburguer e cheeseburger. O sanduíche não é muito grande e as batatinhas são MUITO parecidas com as do Mc Donalds. Eu sempre comparo qualquer batatinha frita com as do Mc Donalds, porque eu amo. E as de lá são as mais parecidas que já experimentei na vida. Não sei se a próxima informação vai fazer alguma diferença na sua vida, mas entre os sócios do lugar estão Guilherme Chueire e o ator Bruno Gagliasso.

Achei um pouco caro para um hamburguer. Eu sei que os preços em São Paulo são diferentes, e que não podemos comparar com BH, mas o hamburguer é gostoso, sem nada extraordinário e por um preço salgadinho. Valeu conhecer, eu estava curiosa e não arrependi.

Onde é: Rua Bela Cintra, 2.116, Jardins . Quando ir: dom a ter de 12:00 as 23:00 / qua de 12:00 as 00:00 / qui a sab de 12:00 as 1:00 . Quanto custa: hambúrguer – R$23,00 | cheeseburguer – R$25,oo | batata frita – R$9,00 | milk shake – R$25,00 | chopp Heineken – R$ 9,00 . Pra ligar lá: (011) 2495-1019.

Z deliZ deli

Aproveitando o embalo do assunto hamburguerias, fui conhecer o Z Deli. E esse, posso dizer que fui no auge do movimento: a madrugada. Estava bem lotada, não tem muito lugar pra sentar, são uns 12 ao todo, mas acho que a ideia é essa. Não atrapalha, a não ser que você vá de galera e queira sentar todo mundo junto. O ambiente é pequeno, mas ok. Bem bonito. Vale muito a visita. Se precisar escolher entre esse e o Joint, vá nesse.

O Chef Julio Raw cresceu comendo os quitutes que a avó Rosa e a cunhada dela, Zenaide, servem há 30 anos no restaurante Z Deli – também no Jardins, especializado em culinária judaica. Parece que ele largou a faculdade de desenho industrial para se dedicar à cozinha. Passou pelos fogões do Le Vin e do Vito, e resolveu abrir a Z Deli Sanduíches. A lanchonete ocupa o mesmo imóvel, no Jardim Paulista, no qual funcionava uma das unidades do restaurante da família.

z deli bh dicasNo cardápio, alguns sanduíches típicos das delicatessens de Nova York, montados em ótimos pães – eles são deliciosos, não despedaçam e quase todos são fornecidos pela Em Nome do Pão, padaria fechada que abastece também os restaurantes de Alex Atala.

Comemos o destaque da casa: Manhattan que vem um hambúrguer, cheddar inglês, picles, cebola, tomate e ketchup da casa, não são enoooormes, dá pra comer bem e sair satisfeito. Pra acompanhar as batatinhas Z Deli – com casca, salteadas com manteiga, alho e alecrim. Vem muita e são uma delícia. Tô com saudades delas.

Onde é: R. Haddock Lobo, 1386 no Jardins. Quando ir: seg a qui e dom de 12:00 as 00:00 / sex e sab de 12:00 as 1:00 hrs. Quanto custa: valores vão de R$24,00 a R$30,00 | Batatinha R$8,00 e R$12,00 | Refri R$4,00 | Cerveja Stella R$7,50 . Pra ligar lá: (011) 3083-0021.

Bairro Liberdadebairro liberdade bh dicas sp

A Liberdade é um bairro turístico da cidade. É conhecido como o maior reduto da comunidade japonesa na cidade, a qual, por sua vez, congrega a maior colônia japonesa do mundo. Uau! Adoro! Quando estudava em SP, eu tinha muitos colegas japoneses. Acho que não se interessam tanto, por BH, rs. Vejo pouco aqui.

Restaurantes, karaôkes, mercados, docerias típicas, lojas, livrarias e a arquitetura peculiar do bairro, com as tradicionais lanternas japonesas que enfeitam a maior parte das ruas da região e os grandes pórticos (tóri) situados na Rua Galvão Bueno (a principal); isso faz com que a ida ao bairro seja um #temqueir em São Paulo. Toda vez que piso na cidade e tenho um tempinho, corro pra lá.

A Feirinha da Liberdade aos finais de semana, tem cheiro de infância pra mim. Ia sempre com meu pai, passear e comer tempurá. Voltei a poucos anos atrás e continua igual. Fica cheio mas nada insuportável.

Dessa última visita estava atrás de pratos diferentes. Cismei com isso agora e assistindo ao programa da Rita Lobo no gnt, ouvi ela mencionando que comprou algumas louças de cozinha no bairro. Depois de entrar em muitas, achei e estou apaixonada. Cuido com o maior cuidado! A Loja é bem completa, tem muita coisa pra casa, os bools que adquiri vieram do Japão e são lindoooos e lá mesmo, tem um item que não pode deixar de trazer : chinelos de palha japoneses. Compro pra mim, mamis e marido! A gente AMA!

Onde é: Vá para Rua Galvão Bueno e ande ao redor. Quando ir: horário comercial, feirinha aos sábados e domingos de 8:00 as 18:00 hrs. Quanto custa: vai depender das suas comprinhas.

Euzinha e a Top Chef Renata Vanzeto
Euzinha e a Top Chef Renata Vanzetto

Marakuthai

Sou suspeita pra falar do Marakuthai. Soube da existência da Chef Renata Vanzetto desde a primeira edição do Programa Cozinheiros em Ação onde a chef é uma das juradas e depois fui pesquisar sua história. Beeeem resumidamente, a chef descobriu sua vocação aos 9 anos de idade por necessidade. Aos 13 já era responsável pelas entradinhas do restaurante da mãe, em Ilha Bela. Aos 17 foi estudar na França e Espanha e aos 23 Renata já acumulava prêmios importantes da gastronomia brasileira. Hoje, comanda o Grupo Marakuthai com 6 estabelecimentos e o Buffet. Uau. Por tudo isso já era fã. Faltava mesmo era provar, né? E provei. E amei. E recomendo agora pra todo mundo que fala que vai pra São Paulo.

Marakuthai

Fui conhecer o Marakuthai do Jardins. O ambiente é lindo, super aconchegante e muito agradável. Parabéns pra Silvia Camargo que além de mãe da chef é decoradora e responsável pelo clima. Experimentamos o almoço executivo e achei mara! Você escolhe entre algumas opções. De entradinha pedimos o bolinho de peixe com geléia de pimenta e dill e noodles – macarrão de arroz temperado com curry amarelo, amendoim, coentro, limão, repolho roxo e pepino. De prato principal, pedimos o Picadinho Marakas – arroz, feijão, purê de milho, farofa de banana e vinagrete de pimenta biquinho e  o curry amarelo com tirinhas de frango, picante na medida, arroz de jasmim e cuscus marroquino. A sobremesa dei um azar do piruuuu, só tinha o sorvete do dia, já que o mousse de chocolate já tinha acabado. Ahhh quanto a isso, fica a dica: tente não chegar muito tarde.

Onde é: Rua Alameda Itu, 1618 no Jardins. Quando ir: dom de 13:00 as 16:00 / seg de 20:00 as 00:00 / ter a qui 13:00 as 15:00 – 20:00 as 00:00 / sex de 13:00 as 15:00 – 20:00 as 1:00 / sab de 13:00 as 16:00 – 20:00 as 1:00 hrs. Quanto custa: média de R$43,00 – menu executivo do almoço por pessoa, inclui entrada + prato principal + sobremesa. Pra ligar lá: (011) 3062-7556.

Padoca do Maní
Padoca do Maní

Padoca do Mani

Fernanda Lima é uma das sócias do Maní Manioca junto da Chef Helena Rizzo. Depois do sucesso que é o restaurante, a ideia foi abrir a padaria com petiscos deliciosos para o café da manhã ou lanche. O ambiente é muito agradável além de cheio de detalhes e lindo! O café da manhã é o mais maravilhoso da vida! Sério. Não imaginava que poderia ficar tão feliz e alegre com um ovo mexido, rs! O MELHOR. Perfeito eu diria.

Fui no sábado e enfrentei uma fila de espera de mais ou menos 30 minutos. O espaço não é muito grande, são poucas mesas e pelo que assuntei por lá, aos finais de semana a espera é ainda maior. Se for domingo, vá preparado para aguardar mais tempo, ok?!

Comemos os famosos ovos mexidos (1 deu pra dois), pedi o chocolate quente que é bem gostoso, um suco de laranja, pão na chapa e um misto. Pra finalizar um quindim que fazia tempo que não comia um tão bom. Nossa, só de escrever aqui, tá dando água na boca!

Onde é: Rua Joaquim Antunes, 138 – Jardim Paulistano. Quando ir: de ter a sex de 8:00 as 19:00 / sab e dom de 8:00 as 14:00 hrs. Quanto custa: média de R$80,00 o casal. Pra ligar lá: (011) 3085-4148 / 2579-2410 .

Bar Dona Onça
Bar Dona Onça

Bar Dona Onça

Sob as ondas do Edifício Copan – construído na década de 50 pelo arquiteto Oscar Niemeyer, é a maior estrutura de concreto armado do Brasil e o maior edifício residencial da América Latina. É também onde fica o Dona Onça. Vencedor de vários prêmios, o menu é bem variado e a comida é boa. Tem mesas dentro e fora do lugar, a decoração é temática – porcelanas, bichos de pelúcias, patinhas e freezers plotados com estampa de onça, o atendimento é bom, cerveja gelada, drinks diversos, comida boa e não é barato.

A casa oferece um cardápio variado, com opções de massas, carnes, diferentes tipos de arroz e o forte mesmo, seriam as porções de boteco de clássicos do interior paulista, como carne moída com quiabo, picadinho, dobradinha e rabada com agrião. A Dona Onça – chef Janaína Rueda é quem comanda a casa. O lugar é frequentado por casais, grupos de amigos, famílias, artistas/intelectuais que trabalham ou moram na região e muitos gringos. Na minha visita, encontrei o Supla e o estilista Walério Araújo.

Bar Dona Onça - 2 porções de coxinhas
Bar Dona Onça – 2 porções de coxinhas

Fomos dois casais, não precisamos esperar, tinha mesa disponível no lado de fora e era um sábado. Parece que fica sempre muito cheio e eu dei foi sorte. Por isso sugiro que ou chegue cedo ou vá com paciência, pouca fome e tranquilidade para aguardar. Não posso deixar de comentar, que dos mesmos proprietários a Casa do Porco fica bem pertinho (dá pra ir a pé) e está um sucesso. Não consegui conhecer, já que a fila é de aproximadamente 2 horas no mínimo. Mas está na minha listinha de prioridades na próxima visita a cidade.

Comemos uma porção de panceta – boa, mas em Beagá encontramos melhores, a porção de bife empanado é muito gostosa e as coxinhas são ok, mas achei cara. 4 coxinhas pequenas, tamanho festa da Boca do Forno, saiu R$20,00. Acho caro. Sei que em São Paulo os valores são mais altos, mas mesmo assim. Vale a pena conhecer? Vale, mas vá preparado para a conta.

Onde é: Av. Ipiranga, 200 – Edifício Copan. Quando ir: seg a qua de 12:00 às 23:00 / qui a sab de  12:00 às 0:00 /  dom de 13:00 às 17:00 hrs. Pra ligar lá: (011) 3257-2016 .

Sonheria - foto do google (perdi a minha)
Sonheria – foto do google (perdi a minha)

Sonheria Dulca

Pensa aí num sonho muito gostoso. Talvez aquele da avó, na roça, ou então daquela padaria preferida. Agora pega essa lembrança e multiplica o prazer de devorar um sonho maravilhoso pelo infinito. Rs. É isso.

A proprietária Roberta, tem um percurso interessante no mundo dos doces, já que é da quarta geração de uma das famílias que criou a famosa doceria Dulca. Ela estava lá quando fomos – mais um indício de que o trem é bom, o olho do dono sempre ou quase sempre, garante a qualidade. Roberta, contou que a sonheria foi uma das primeiras foodbikes da cidade.  Devido a grande demanda e o sucesso que fazia, resolveram abrir a loja.  A casa é especializada em sonhos, com várias versões e sabores, eles são fresquinhos e recheados na hora, fica super bem localizada e o lugar é um charme. Muito fofo. Sempre lotada (fui duas vezes) mas o atendimento é rápido. Fiquei foi sonhando com uma dessas aqui em Beagá.

Onde é: rua Bela Cintra, 2023, Jardins. Quando ir: Quanto custa: R$10,00 | Sabores: Brigadeiro / Gianduia / Doce de leite / Coco / Geleia de Damasco / Geleia de Goiaba / Pistache / Tradicional – creme . Pra ligar lá: (011) 3082-0073.
Decameron - Alameda Gabriel Monteiro
Decameron

Alameda Gabriel Monteiro

Conhecida e reconhecida, a tradicional rua comercial de São Paulo é onde encontramos as melhores lojas de arquitetura de interiores, decoração, design, arte e coisas pra casa. Dá pra ficar meio doido lá, rs.

Assim, desorientado mesmo. Imagina, São Paulo e as lojas mais bacanas, com todas as novidades das marcas mais cobiçadas. Entre as minhas preferidas estão a Dpot, Marché, Spicy, Decameron e bem pertinho, mas não na Gabriel, está a Mi Casa , Tania Bulhões e Entreposto, que eu adoro! Vale a pena dar uma olhadinha e admirar as tendências!

Onde é: Alameda Gabriel Monteiro – Jardim América. Quando ir: seg a sex de 8:00 as 18:00/ sab de 8:00 as 13:00 hrs – horários variam de loja para loja.

Ici Brasserie

Ici Brasserie

Foi inspirada nas Brasseries francesas do século 19, que surgiram como pequenas cervejarias e passaram a servir refeições rápidas. O ambiente é bonito, parede de quadro negro, um tanto de barril de cerveja vermelho, um biombo vazado que podemos enxergar a cozinha e iluminação aconchegante. Fica muito bem localizado, possui vários tipos de cervejas – são mais de 30 e o cardápio é bem variado. Fui orientada a apostar nas entradinhas e sugiro o mesmo. Fomos de 9 Gougéres – carolinas salgadas recheadas com queijo. Gostoso e bem servido.

Onde é: Rua Bela Cintra 2203, Jardins. Quando ir: seg a sex de 11:45 as 15h30 – 18:30 – 23:00 / sab 12:00 as 23:00 h / dom de 12:00 as 22:00 hrs. Quanto custa: entradas de R$24,00 a R$50,00. | Pratos de R$39,00 a R$65,00.

Carlos Pizzacarlos pizza bh dicas sp

Uma pizzaria com proposta de recuperar a tradição da pizza individual feita com massa de fermentação lenta e assada no forno a lenha. De Nápoles veio o formato individual do disco assado na lenha e tempero final foi trazido de Nova York, assim como a inspiração para a arquitetura e decoração do ambiente. A pizza é individual, mas se a fome não for muita, dá pra dois. Pedimos a Toscana – mussarela, pancetta artesanal e cogumelos, estava maravilhosa, sem defeitos e foi suficiente.

Vale muito a ida, o bairro é bem gostoso, essa rua e arredores tem várias opções.

Onde é: rua Harmonia, 501 na Vila Madalena. Quando ir: todos os dias de 18:00 as 0:00 hrs. Quanto custa: pizza de R$30,00 a R$48,00. Pra ligar lá: (011) 3813-2017.

Comente(9)

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *