Ser mulher é …

Ser mulher é entender que há diferenças entre o feminino e o masculino e que estas diferenças nada têm a ver – ou, pelo menos, não deveriam ter conexão alguma – com superioridade ou privilégios e sim, com a questão de gêneros que se diferem em certos quesitos e são complementares.

Ser mulher é saber que o sexo feminino, geralmente, apresenta uma sensibilidade maior, tem uma percepção mais ampliada, habilidade para captar movimentos simultâneos e assuntos diversos e desenvolver a intuição de maneira peculiar.

Ser mulher é desempenhar uma multiplicidade de papeis sem deixar que estes papeis rotule-a. É entrar em sintonia com a sua essência não permitindo que as personas usadas para cada papel vivido limite-a, para que seja possível fazer contato com seus desejos, verdades e aspirações.

Ser mulher é conectar-se com as emoções sem ter vergonha de mostrá-las. É buscar o equilíbrio entre a razão e a emoção sem abafar seus sentimentos por medo de acabar mostrando fragilidade, o que não corresponde com esta capacidade de se emocionar com pequenos fatos cotidianos.

Ser mulher é compreender que o tamanho da sua roupa, as cores do seu batom e do seu cabelo não a define. O que faz toda a diferença é a sua atitude, forma de se relacionar, lidar e dialogar com as pessoas e com o mundo que vive.

Ser mulher é partilhar sua vida e sua casa com quem quer que seja sabendo, também, partilhar as tarefas domésticas, sem achar que isso é somente papel do feminino.

Ser mulher é perceber que não há necessidade de manter o mito da “mulher maravilha” que tudo suporta. É enxergar seus limites, aceitá-los e expô-los. Compreender o quanto pode se dar e se doar, sem obrigação, em cada momento vivido e não se torturar quando não conseguir ir além do que gostaria ou do que considera ideal.

Ser mulher é ser real. É se conscientizar da realidade que vive, dimensionar suas possibilidades e realizar aquilo que está ao seu alcance.

Ser mulher é um privilégio.

Viva as mulheres que reconhecem seus valores, sabem e usam beneficamente o seu poder transformador.

bruna godoy bhdicas 1

1 Comentário

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.

Hugo Sasdelli

BH Dicas

CONECTE-SE

Anuncie no BH Dicas