5 lugares originais em BH para se casar

Toda vez que a gente pensa em fazer uma cerimônia/festa de casamento, logo a gente pensa em procurar um salão de festas ou uma Igreja, certo?

Mas você sabia que é possível sair fora da caixinha e procurar um espaço totalmente diferente para seu casamento?

A minha primeira dica na hora de você escolher um espaço é pensar na história do casal. Isso porque a história de vocês pode sugerir opções bem interessantes.

Se vocês se conheceram no colégio, por exemplo, que tal fazer seu casamento lá? Não são todas as instituições que vão permitir, é verdade, mas muitas com certeza vão gostar da ideia.

Vocês amam um restaurante específico e sempre estão por lá? Que tal se casarem nesse restaurante? A maioria deles abre essa possibilidade para os clientes.

Vocês são amantes das artes? Que tal uma galeria? Gostam de história? Já pensaram num museu?

As possibilidades são muitas e para inspirar vocês eu trouxe 5 opções de locais inusitados para você se casar em BH. Espaços que provavelmente nunca passaram pela sua cabeça como possíveis espaço de eventos particulares e que podem ser ótimas pedidas.

1. Inhotim

Fotografia: Luiza Ferraz

Sim, Inhotim. Sabia que é possível se casar em Inhotim? Há alguns anos eles abriram essa possibilidade para o público. Eles oferecem espaços específicos dentro do Instituto e o preço não é dos mais baratos. Mas se casar num complexo museológico como o Inhotim por si só já é um luxo, né?

Lá no blog você pode conferir quais são os espaços oferecidos e ver mais fotos deles. #cliqueaqui .

E vale lembrar que ele não é o único espaço ligado às artes e história que permite isso. É possível se casar em vários museus da cidade!

2. Parque das Mangabeiras

Fotografia: Vila Boas Fotografia

Não é o único parque de BH, aliás. Em vários deles é possível realizar uma cerimônia de casamento. Se a ideia é fazer uma recepção pós cerimônia, aí pode ficar um pouco mais complicado, mas alguns deles permitem que vocês façam algo simples, que não demande grande infra-estrutura como uma cozinha, por exemplo. Um bride, uns bombons… algo assim é mais fácil de fazer acontecer. Tem post no Bel Ornelas falando sobre isso também. #cliqueaqui .

3. Restaurantes

Fotografia: Pmendes

Muitos restaurantes em BH permitem que você faça a cerimônia (desde que tenham espaço para isso, claro!) ou mesmo só comemore com seus convidados pós festa. Em alguns você pode conseguir até mesmo uma infra-estrutura completa (possibilidade de ter música e dança, etc). Vale uma pesquisa entre os seus preferidos!

Lá no blog tem um post com algumas opções, dê uma olhada: #cliqueaqui 

4. Hotéis

Fotografia: Google

Outra possibilidade é fazer seu casamento em um hotel da cidade! Sabe aquelas salas enormes que os hotéis usam para conferências e congressos? Pois é, eles estão adaptando para festas. O bacana dessa opção é que vocês (e até mesmo os convidados que se interessarem) podem dormir no próprio hotel. Delícia terminar a festa e simplesmente subir de elevador para o seu quarto, né?

No blog tem post com alguns hotéis em BH que fazem isso: #cliqueaqui .

5. Na sua casa

Casamento Virgínia e Hugo. Fotografia: Leco Reis

Sim, estamos voltando à era dos casamentos em casa. É claro que nas últimas décadas o tamanho médio das casas dos brasileiros diminuiu, mas é verdade, que as listas de convidados também! Se antes convidávamos todas as pessoas conhecidas para a comemoração do casamento, hoje é cada vez mais comum que essa lista de convidados seja extremamente selecionada.

E mesmo que o casamento não aconteça na casa de um de vocês, pode ser na casa de um amigo ou parente. O que é legal é valorizar o clima íntimo e acolhedor que só a casa da gente tem!

Preciso dizer que a logística nesse caso deve ser avaliada (a cozinha comporta o buffet? Teremos banheiros para todos os convidados? E outras questões que uma boa assessoria pode te ajudar a responder) mas essa é uma ideia que tem voltado cada vez mais à tona como possibilidade de realizar um casamento mais aconchegante – com cara de evento familiar, sabe como? Desses chamegos que nós mineiros adoramos...

E aí, o que acharam da ideia?

O bacana mesmo é procurar um local que tenha a ver com a personalidade do casal. Muito mais do que simplesmente ter o tamanho ou a localização ideal, pense num espaço com personalidade, que transmita a autenticidade de vocês, da história de vocês. Isso enriquece o casamento e é uma das formas de deixar esse momento ainda mais especial e inesquecível.

Até o próximo,

Sem Comentários ainda

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.

Hugo Sasdelli

BH Dicas

CONECTE-SE

Verdemar