7 dias em Buenos Aires | Parte 2

Ei gente!!!

No réveillon estive em Buenos Aires, Colonia de Sacramento, Punta e Montevideo, com meu marido e um casal de amigos. A viagem foi uma delícia e fiz um post com as dicas do que achei de cada cidade esse é a segunda parte sobre Buenos Aires. Para ver a Parte 1 #cliqueaqui . A terceira e última é somente sobre o bairro Palermo Soho.

Vamos lá! A segunda parte começa pelo terceiro dia!

Fomos ao Jardim Japonês, ao lado dos bosques de Palermo. É bonitinho, bem cuidado, mas não achamos nada imperdível. Para visitar custa AR$95,00 e bem pertinho fica o MALBA, Museu de Arte Latino Americana de Buenos Aires, que é bem legal de conhecer, tanto pelas obras quanto pela arquitetura. Malba – Av. Pres. Figueroa Alcorta 3415 – Preço – AR$120

De lá seguimos caminhando pela Avenida Presidente Figueroa onde ficam várias embaixadas e casas lindas até a Florális Genérica, a flor metálica que abre e fecha suas pétalas dependendo do horário do dia, é rápido e não custa nada, fica na Recoleta e de lá você pode seguir para conhecer este bairro bem charmoso de Buenos Aires.

Fomos então até o cemitério da Recoleta, fizemos uma pausa para o almoço no Café Biela, histórico e tradicional, um almoço longe do espetacular mas um lugar extremamente agradável. Acho mais apropriado para um café da manhã ou brunch, mas como estávamos do lado e não iríamos voltar na região decidimos almoçar lá mesmo. Dentro tem uma mesa onde estão sentados Jorge Luis Borges e Adolfo Bioy Casares, icones da literatura argentina. Preço: $$$$

Depois partimos para um programa que achei extremamente “boring”, o Cemitério da Recoleta, visitamos o túmulo de Éva Peron (se for, procure o túmulo da Família Duarte), vai lá se quiser matar a sua curiosidade, eu não curto cemitérios e como diz o Hugo, tem coisas que bastam ver no Google!

Caminhamos um pouco pelo bairro, fomos ao Shopping Pátio Bullrich, que é lindo, fica na Avenida del Libertador 750 ou Posadas 1245. De la´pegamos um Uber e fomos até a livraria El Ateneo, com certeza a mais bonita que já entrei, fica no Barrio Norte, em um edifício eclético maravilhoso! Funcionava antigamente ali um teatro, e onde era o palco fizeram um café bem charmoso. Endereço: Av. Santa Fe 1860.

Encerramos assim nosso dia e a noite fomos para o rooftop do Alvear Palace Hotel, eu adoro rooftops e esse é espetacular, por coincidência quando estava voltando de viagem, li em uma revista que está entre os melhores da América Latina. Ótimo para tomar drinks ver o entardecer, mas não vá esperando preços amigáveis, muito pelo contrário, são bem altos. Mas a beleza fez valer a visita e por lá terminamos as comemorações do meu niver! Avenida Alvear 1891 11º piso – Preço $$$$$

No nosso quarto dia em Buenos Aires confesso que já tinha visto quase tudo que havia planejado, queríamos ficar mais por conta do à toa, e ainda não tínhamos aproveitado os arredores de nosso hotel que ficava em Palermo Soho.

Após o café da manhã, fomos visitar o Rosedal, um lindo parque onde cultivam rosas com extremo capricho, em termos de parque achei esse o mais bonito de lá. Fica dentro dos bosques de Palermo, e bem pertinho do planetário – nós só vimos por fora mesmo, não tivemos vontade de entrar, mas se estiver com crianças acho que vale a pena!

Foi muito divertido (ignore meu português perfeito por favor…). Estava um calooooor e encontramos esses patinhos lindos, no parque. Assista o vídeo até o final kkkkk

 

Após o Rosedal, fizemos uma pausa para um lanche no Paseo De La Infanta, Av. Infanta Isabel 110, que fica ao lado. Um lugar lindo e diferente. Bares, pubs e cafés abaixo dos trilhos suspensos do metrô, ocupando os arcos da estrutura, mesas do lado de fora, realmente lindo.

Escolhemos tomar um lanche no Mooi, e super recomendo para essa finalidade, acredito que para tomar drinks e almoçar devam ter melhores opções, mas para nosso objetivo foi excelente!

De lá, partimos para ficar nas redondezas do nosso hotel, que ficava em Palermo Soho, o bairro que eu mais gostei da cidade inteira. Ficamos por lá o restante do dia e também boa parte do dia seguinte.

Você vai encontrar uma Infinidade de lojas, bares, restaurantes. Durante o passeio, entramos em vários deles, seja para comprar, comer ou beber. Como ficamos 2 dias por lá vou listar alguns lugares que amei na próxima (e última) parte!

Até!

Fotos: BH Dicas

3 Comentários
  1. Hehehehehehehe
    O pato foi o melhor!!!
    Eu adoro Buenos Aires e gostei muito de conhecer o Cemitério da Recoleta e o túmulo da Evita… mas realmente não tem como um cemitério ser unanimidade no quesito “ponto turístico”, né? rsrs
    Aaaahhh Colônia de Sacramento… vontade de ficar pra sempre..
    To adorando acompanhar a viagem… tem que trazer doce de leite argentino, hein! 🙂

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.

Hugo Sasdelli

BH Dicas

CONECTE-SE

Verdemar