Conte uma história para ilustrar esse dia na nossa antiga Praça 7

Ei!!!

Te contei outro dia que recebi muitas fotos antigas de Belo Horizonte e estou apaixonada!!! Já falei sobre a Praça da Liberdade e essa é da Praça 7!! É isso mesmo que você está pensando. Um dia, nosso pirulito da Praça 7, esteve assim.

É claro que eu já imaginei esse dia aí da foto. E quero saber de você, a sua criação para o dia. Me conta aqui nos comentários. Segue a minha:

Tá bem do alto né?
Deve ter sido alguém num helicóptero ou de um prédio alto. Pelo movimento, era uma terça-feira, por volta de 14:03 hrs. O centro está bem cheio, a gente vê que bate sol. Ao que tudo indica deve ter sido beeem lá no início, quando o pirulito foi pela primeira vez colocado na Praça (década de 20). Ou não.

Não tem marca no chão para passar os bondes… (bondes já passaram ao redor do pirulito, imagina que cena???? QUE LINDA!) e as arvores, estão firmes ali. Seria 1960? Talvez.

Claramente faixa de pedestre ainda não tinha também. Bonifácio tá ali, atravessando a rua de boa no canto inferior esquerdo da foto. Ele estava indo levar o sapato para arrumar no sapateiro depois ia tomar uma no Café Palhares. Obviamente não tinha BH Trans nessa época. Ou pelo menos aí nesse dia, não tinha nenhum representante. Aleluia.

Sua Vez:

Virgínia Sasdelli

8 Comentários
  1. Que saudade da Praça Sete, no coração de BH, cheguei nesta cidade aos 17 anos de Alagoas, papai trabalhava no BANCO DA LAVOURA, depois passou a ser chamado de REAL, morava no Bairro do Prado, na rua Platina, amava essa cidade, aos
    domingos passeava no Parque Municipal, para mim foi um sonho que jamais vou me esquecer desta Capital maravilhosa
    que se chama BH, hoje moro em Maceió, aos 71 anos de idade não tive mais oportunidade para retornar e vê a praça sete de novo, parque municipal, Mineirão, Pampulha, Bairro do Prado, adoraria retornar a BH, mais hoje não tenho mais condições.ABRAÇO A TODOS OS MINEIROS. avelar canuto loureiro – endereço rua comendador teixeira basto, 201 Prado
    Maceió-Alagoas.

  2. Conheci a praça 7 assim como esta, tinha lá por volta dos meus 14 anos, subindo a Av. Amazonas e entrando na Av. Afonso Pena de bicicleta Caloi, atropelei uma menina que mais tarde veio ser minha esposa. Tempo maravilhoso que jamais voltara ou existira no Brasil.

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.

BH Dicas

CONECTE-SE