Projeto Fartura – Comidas do Brasil versão digital

Belo Horizonte foi a cidade escolhida para testar o novo formato do Festival Fartura, adaptado para o momento delicado em que estamos vivendo: digitalUma extensa programação está prevista para os dias 19, 20 e 21 de junho. Da gastronomia à cultura, contempla também lives de economia criativa e agronegócios.

Serão mais de 160 atrações, adiantando a celebração dos 300 anos de Minas Gerais, em 48 horas de programação gratuita, que poderá ser acessada pelo site

BH DICAS

A ideia é levar para casa das pessoas um pouco do que o Festival Fartura representa: valorização da nossa gastronomia, cultura, história. Além disso, pretendem ajudar na recuperação econômica do estado e da cidade e, ao mesmo tempo, estimular a autoestima dos mineiros. Dá uma olhada no que vem por aí:

Mercearia Fartura – Sebrae

Os pequenos produtores, assim como na versão presencial dos Festivais Fartura, estão garantidos também na versão digital. Serão mais de 30 produtores mineiros reunidos em e-commerce para que o público possa receber os produtos em casa.

Chefs em Casa

Mais de 35 restaurantes mineiros participam. Vai dar para assistir chefs preparando pratos, lanches e sobremesas, que estarão disponíveis para Delivery. Fica de olho, que depois do evento eles vão disponibilizar um e-book com as receitas. Olha quem tá entre os confirmados: Caetano Sobrinho (Caê); Caio Soter (Alma Chef); Flávio Trombino (Xapuri); Jana Barrozo (Cabernet Butiquim).

Chefs renomados vão compartilhar conhecimento na Receita do Chef e na Dica do Chef. 40 vídeos de 1 minuto com dicas vão fazer parte do Festival. Cursos de capacitação do Senac, food network para quem quer mergulhar a fundo no universo da gastronomia, Livros e Filmes também vão ser disponibilizados na plataforma, além de um conteúdo especial voltado para as crianças, com contação de histórias e um e-book com receitas infantis para colorir: Minas para Colorir.

Música? Tem também.

Mais de 15 artistas mineiros, como Flávio Venturini, Túlio Araújo, Nath Rodrigues, Manu Diniz, Maurício Tizumba, Pedro Morais, Flávio Renegado entre outros para lives especiais. E ao longo dos três dias, a programação conta também com artes cênicas e contação de histórias com Alessandra Vicentin, Grupo Trampulim e Fusion Cia de Danças Urbanas.

Foto, V´ídeo e Arte Urbana

O fotógrafo e cineasta João Wainer, captou imagens de drone sobrevoando e registrando os impactos da pandemia no Inhotim e no Complexo Internacional da Lagoa da Pampulha. O público poderá assistir em primeira mão o vídeo exclusivo, além de acompanhar os bastidores e outros registros do videomaker mineiro Thiago Santos, diretor da Amarante Filmes. Felipe Morozini, traz seu trabalho sensível com projeções de frases em Belo Horizonte sobre o contexto atual que o mundo está vivendo.

Nuuuu. Muito trem, né? Pra finalizar, a economia criativa também está contemplada na programação do Festival Fartura, com lives especiais. “Meu negócio para chamar de seu” e “O futuro do agronegócio”; o curso em três módulos “Empreendedorismo gastronômico”; e dois painéis promovidos pelo NovoAgro Ventures, que abordam soluções tecnológicas para o agronegócio.

Não perde não. Tá muito legal e com certeza a gente vai amar. Eu tô garrada!

farturabrasil.com.br/

Bjs

Sem Comentários ainda

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.

BH Dicas

CONECTE-SE