Férias em Viña del Mar e Valparaíso

Ei!!

Tudo bem? Você está no BH Dicas. Aqui divido minhas experiências e como mineiros adoram viajar, compartilho também minhas viagens. Você já sabe que fui passar o ano novo em Santiago, certo? Contei sobre a diversão, dicas gerais e os passeios. Hoje quero te contar sobre Viña Del Mar e Valparaíso, pertinho de Santiago. Será que vale a pena?

Valparaíso.

A cidade é colorida, grafite pra todo lado, tem vistas lindas e bons restaurantes, mas não gostamos muito não. Nos hospedamos em Viña del Mar e passamos 1 dia em Valparaíso. Talvez não seja tempo suficiente para opinar, ou talvez, eu não tenha mesmo o perfil de visitante do local.

Você vai precisar de carro, pois é tipo Ouro Preto. Tem muito morro mesmo. Tinha turistas a pé? Claro. Mas não recomendo. Fomos na Escada de Piano Calle Bethoven, no Palacio Baburizza e passamos pela Plaza Soto Mayor. Gente, vou colocar uma foto da escada aqui pra você ver. Nada demais. Casas de Zinco tombadas pela Unesco e Cerro Alegre: não achamos graça.

Foto: Valparaíso

La Sebastiana é a casa museu do Pablo Neruda em Valparaíso. Gostamos. Eu ainda fui de ligamento rompido, com botinha (são 5 andares). De boa, mas preferimos a de Santiago (La Chascona). Veja aqui o post. Se tiver em dúvida de qual visitar, sugiro a La Chascona.

Parte boa do dia: Restaurante La Concepcion. Pegamos a recomendação de várias pessoas e fomos no almoço. A vista para o mar é linda, o restaurante suuuper agradável, gastronomia exemplar. O preço? Não é barato, por casal média de 200,00 reais com bebidas, entrada, prato principal e sobremesa, que dividimos para 2, mas vale a pena. Comemos um filé com molho de pimenta e batata mil folhas gratinadas, muito bom. De sobremesa teve Merengue de frutas vermelhas e creme bruleé. Deliciosos! Nos indicaram também o Restaurante Casa Luzia, mas não funcionava no almoço.

Foto: Sobremesa de La Concepcion

Viña del Mar

Passamos a noite de réveillon em Viña del Mar, comuna da província de Valparaíso. Ficamos hospedados apenas dois dias. Hotel lá é muito caro e as opções (dentro da nossa realidade financeira) na minha opinião, não compensa. A qualidade dos serviços, os quartos, estrutura, para o valor das diárias são surreais.

Foto: Ano novo em Viña Del Mar

A noite de ano novo, foi linda. Maravilhosa!!! Já passei 3 vezes em Copacabana no Rio de Janeiro e pra mim é o show de fogos mais incrível – não é a toa que é um dos mais famosos do mundo. Pois em Viña del Mar, são quase 20 minutos de fogos que deixam a gente assim, encantada! Tipo no Rio. Fomos por volta de 22:00, de transporte por aplicativo e arrumamos um lugar na areia. Levei canga e alguns comes e bebes.

De maneira geral a cidade é bonitinha e gostosa de ficar. Fomos no Palácio Vergara mas estava reformando (jan 2019) e por isso fechado para visitação na parte interna. Fomos no Jardim com plantas com formato de animais e teatro. Ok. Fomos também no Museo Fonck que tem um Moai original, trazido da Ilha de Páscoa. Hum.

Foto: sempre abraçando a arvore

Relógio de Flores dá só para passar na frente. Castillo Wulff na beira-mar, com vista bonita. Fomos na praia Reñaca, só recebemos indicação de lá, que é pertinho. Uma praia linda. Mas o mar é muito gelado, nem os próprios Chilenos estavam dentro da água – dói os ossos e não é permitido bebida alcoólica na areia. Leve um baralho, um livro e uma camera para apreciar a paisagem. Nos quiosques é permitido o consumo.

Foto: Reñaca em Viña del Mar

Restaurante Rossonero foi uma surpresa!!! Massa, pizza e adoramos o risoto de carne cozida. O ambiente não é chique, mas a comida é boa. E o preço razoável. Linkei aí procê!

Foto: pizza no Rossonero

Bom, eu acho o seguinte. Se você saiu do Brasil para visitar Santiago e tem vontade de conhecer Viña Del Mar e Valparaíso, é tão pertinho [ 1 hra e 40 ]que dá para se organizar e ir conhecer. No Hotel que eu me hospedei em Santiago, Plaza El Bosque Las Condes, tinha opção de passeios bate-e-volta que talvez seja mais interessante do que gastar o dinheiro com hospedagem, gasolina, aluguel de carro e alimentação por lá.  Entenda: hospedagem em Viña del Mar é cara, para o que oferecem. Não acho que compensa.

Me conta se você conhece, já foi, o que achou e complementa o post aqui nos comentários.

Bjs

Sem Comentários ainda

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.

BH Dicas

CONECTE-SE