Onde ficar em Buenos Aires

Buenos Aires é um destino incrível. Está próximo do Brasil, a língua não chega a ser uma barreira, oferece muitas atrações e possui uma culinária excepcional.

Os preços, é verdade, já foram melhores, mas principalmente nos restaurantes você ainda pagará lá menos do que pagaria em locais semelhantes no Brasil. Compras, no entanto, à exceção de itens como vinhos e outros exclusivos da região, não são muito aconselhadas nos dias atuais devido aos altos preços cobrados na capital portenha.

Mas um fator importante para tornar sua viagem para Buenos Aires um sucesso é escolher o local perfeito para ficar. São muitas opções, e cada uma oferece características diferentes.

Numa primeira viagem à cidade, um dos bairros mais interessantes é a Recoleta, pois reúne uma localização central, e um ambiente charmoso e elegante. De lá, com trânsito bom, são poucos minutos até o Centro, ou para o Palermo.

Na Recoleta você tem algumas atrações próximas, além de lojas e restaurantes à disposição. Um ponto negativo é que os hotéis são um pouco mais caros.

Outro bairro muito famoso, e que considero ideal principalmente para quem está retornando a Buenos Aires, é o Palermo. Ele fica um pouco mais afastado, mas se você já visitou as principais atrações da cidade isso não será um problema.

O melhor é escolher um hotel em Palermo Soho, local repleto de lojas interessantes, e com uma vibração ótima. A noite por lá é muito animada, e você terá diversos restaurantes de excelente nível à sua disposição, além de lojas muito charmosas.

Ao lado está Palermo Hollywood, que também é bom, mas não tem tanta vida. Vale a pena se você conseguir um ótimo hotel para se hospedar.

San Telmo é um local extremamente tradicional, mas não passa para o turista a mesma sensação de segurança que você encontra no Palermo e na Recoleta. Também não tem o requinte desses outros bairros, mas ainda assim é uma boa opção para quem quer ver uma Buenos Aires bem autêntica. Só fique atento, pois mesmo não sendo uma área considerada perigosa, merece alguns cuidados extras.

O Centro, por fim, é o patinho feio da cidade. Lá estão os hotéis com melhor custo, mas também é a região menos interessante para ficar. O trânsito é intenso, as ruas movimentadas e o barulho alto. Estando lá, você não terá um ambiente bonito e agradável para passear, como é o caso da Recoleta e Palermo, e nem tradicional, como em San Telmo. Fique aqui só se não conseguir nada interessante nos outros bairros.

Boa viagem!!

assinatura hugo medeiros

3 Comentários

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.

BH Dicas

CONECTE-SE