Redescubra nosso querido Velho Mercado Novo

Ei!

Tudo bem aí? Trouxe novidades pra gente!!! Sabe o Mercado Novo? Sim.. aquele que de novo tem só o nome, hehe e fica na Av. Olegário Maciel, no Centro de Belo Horizonte?? Pois é, tá que tá! Desde 1960 ele nasceu para complementar o Mercado Central. Mas a verdade é que não rolou.

Dá uma olhada na raridade do telefone público que tem lá. Não funciona, mas é uma relíquia né?

Quando falava Mercado Novo pra mim, eu já pensava logo em encadernar as coisas, rs. Lá também sempre foi um espaço dedicado a eventos, produções independentes artísticas e culturais. Mas até então, pontuais. Não posso deixar de mencionar o Bar do Zé Luiz. Uma experiência a parte, na madrugada de BH.

Bom, mas você provavelmente já deve ter ido em algum show ou mesmo, imprimir seu trabalho de faculdade. Ou talvez, nunca tenha pisado lá. Vai saber.  Mas o fato é que já tem um tempinho, que está rolando uma ocupação do nosso Velho Mercado Novo super interessante e você precisa conferir esse rolê.

Corredores, cobogós, história. Cerveja, Chopp, Gin, Café, pratos, petiscos, lugar para fazer um lanche da tarde ou tomar aquele café da manhã com cara de casa de vó. O Mercado Novo é cool.  A gente fica a vontade, sem querer ir embora. E as caixas de frutas que ganham nova função, virando mesinhas e cadeiras? Demais!!!

Comi um Arroz de Rabada na Cozinha Tupis que estava maravilhoso! R$36,00
Cozinha Tupis – projeto do Chef Henrique Gilberto (Já passou por Rullus e Belo Comidaria)

Muitas marcas legais estão descobrindo o local e a coisa está cada dia mais linda. Lá, fica a sede do Made in Beagá, loja que vende os produtos mais lindos, que valorizam nossa cidade. Tem brechó, lugar pra alugar máquina fotográfica das antigas e pra você arrumar aquela de costura. Em breve muitas outras.

Também não resisti ao Pão no bafo com manteiga de torresmo

Se ainda não foi, acho que está na hora de você conhecer.

Av. Olegário Maciel, 742. Normalmente entro por essa portaria, e no dia esqueci que ela não fica aberta. De noite a entrada é pela Rua Rio Grande do Sul. Tem estacionamento, mas se você for de transporte por aplicativo, ou taxi, fique atenta ao endereço. Dar a volta no quarteirão, de noite a pé, sozinho, é perigoso. Os horários de funcionamento são muito variados, mas programe para ir de quinta a domingo. Cerveja a partir de R$13,00 de 500 ml. Acompanhe aqui.

Beijos

2 Comentários
  1. Estive lá e não gostei do ambiente. muito escuro pouco lugar para se acomodar e o atendimento deixa a desejar. Precisa de muita coisa para que o lugar seja bem frequentado.

    1. Ei Luiz, Tudo bem?
      A proposta é bem essa mesmo. Acho legal experimentar coisas diferentes do que estamos habituados. Como não tem serviço de garçom, precisamos esperar mesmo, as vezes pode estar cheio e tudo.
      Mas entendo sua mensagem. Mas quem sabe se você for para um café da manhã a visão não mude, né?
      <3

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.

BH Dicas

CONECTE-SE