Você repara na cidade?

Oi! Tá beleza aí?

Desde que bati o carro no fim do ano passado e não foi possível arrumar (pois deu PT), eu e Hugo – marido, decidimos aproveitar a oportunidade para testar uma vida sem carro. Tem sido uma experiência muito boa. Andar a pé e sentir a cidade de maneira diferente. Estamos sim, sentindo falta do carro para algumas coisas, por isso não acho que essa fase vá durar muito tempo, mas isso é assunto para um outro post. Por enquanto, estamos aproveitando as vantagens desse estilo de vida e valorizando as pausas.

Foto: BH Dicas | MHAB

O Museu Histórico Abílio Barreto faz parte do meu trajeto diário e eu sou apaixonada pelo lugar. Sempre fico pensando em quantas pessoas passam por ele diariamente e não fazem ideia do que seja.. ou ainda que saibam, nunca foram. Ou se por acaso tenham ido com uma excursão da escola, ou coisa assim… talvez hoje em dia, nem lembra do lugar.

Sei que a vida é corrida, que ninguém tem tempo pra nada e pensar em parar uns 10 minutinhos para desacelerar da correria do dia-a-dia parece muito. Mas tenho sentido os benefícios.

O Casarão preserva nossa história. A sede da antiga Fazenda Leitão, de 1883 faz com que a gente, em 2018 pare e imagine como era a vida daquelas pessoas que moravam ali. No que conheciam como Arraial do Curral Del Rei e que logo mais chamaria Belo Horizonte. Tudo lá contribui. Bonde, carro de boi, maria fumaça. Um lugar onde encontramos a difusão do conhecimento sobre Belo Horizonte.

Foto: BH DICAS

Tem toda essa questão importante sobre a história de BH, mas também é um excelente lugar para desacelerar da correria, levar as crianças e curtir um momento de paz. Você faz isso? Em algum momento do seu dia você para para aproveitar o que nossa cidade tem pra oferecer?

Perceba Belo Horizonte no dia-a-dia.

Onde é: Av. Prudente de Morais, nº 202 – Cidade Jardim | Exposições: De terça a domingo, das 10h às 17h e quinta, das 10h às 21h | Biblioteca ou Consulta ao Acervo: de segunda a sexta, das 13h às 17h | Área externa: de terça a domingo, das 7h às 18h e quinta, das 7h às 21h.

Virgínia Sasdelli

2 Comentários
    1. Ei Moh Salah,
      Tudo bem? Então, realmente não. Ando só a pé mesmo..
      Tenho a sorte do estúdio criativo ser perto de casa e por isso posso ir a pé. Mas é a minha opinião…
      Acredito que quando a gente começa a olhar de outra forma para a cidade, as coisas mudam.
      Enxergamos a beleza que nossa Belo Horizonte tem…
      <3

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.

BH Dicas

CONECTE-SE