Os dias das curtidas estariam contados?

Ei!!!

Troca likes? Sdv? Hahaha! Quem lembra disso? O que era uma brincadeira lá no começo do instagram, depois ficou mal visto. Quando algumas pessoas profissionalizaram (incluindo euzinha) – a coisa toda o ficou séria, e agora, me parece que essa nova funcionalidade do Instagram, de sumir com a marcação de likes, nunca fez tanto sentido. Será que vai rolar mesmo? No Canadá já está sendo experimentado.

Eu, como produtora de conteúdo, gostei. Acredito que essa medida vai valorizar nosso trabalho, vai dar mais importância e notoriedade para o que realmente é importante: o conteúdo produzido e o engajamento real. Independente de números. Eles nunca deveriam vir a frente.

Não adianta falar que as pessoas não ligam para as curtidas. Todo mundo liga em maior ou menor grau. Eu, no início, acreditei nelas. Depois entendi que meu trabalho não poderia ser medido pela quantidade de likes, pois tinha muito mais envolvido.

Foto: BH Dicas

Nem todo mundo é assim. Muitas pessoas são escravas dos likes e alguns ficam até doentes, por causa da pressão que colocam sobre eles mesmos. Isso sem falar no mercado ilegal da “Compra de Likes” que dificulta e atrapalha, o trabalho de quem não entra nesse mundo. Seria mesmo um sonho que o instagram fizesse essa caridade para o mundo.

Precisamos entender como chegamos nesse ponto. O instagram é uma das redes sociais que mais cresce ano após ano. São mais de 1 bilhão de usuários. Imagina essa galera toda compartilhando sua vida, suas viagens, seus pensamentos, seus conteúdos? Precisava mesmo de um algoritmo inteligente para filtrar o que aparece no seu feed. Bom, mas como tudo na vida, tem um lado bom e outro não tão bom assim.. o algoritmo resolve a questão dos interesses para os usuários, mas prejudica a entrega de quem está do outro lado, produzindo o conteúdo.

A cultura dos likes loucos, começa quando o algoritmo funciona da seguinte maneira: quanto mais gente curtir, comentar e compartilhar o post, para mais gente o conteúdo aparece. Tem a ver com status também. Aceitação.. vixe, dá para cavar fundo. Bom, mas vamos parar aqui, por enquanto.

Como em todas as profissões, tem aqueles profissionais que tentam burlar o sistema. E isso é uma dos lados ruins – se essa decisão for mesmo colocada em prática. Vai dificultar a identificação imediata daqueles que compram seguidores / curtidas. Mas ainda assim, acredito que será melhor.

Não sei como as empresas, que procuram influenciadores, primeiro, por causa dos números, vão lidar. As vezes apenas por isso. É como se o conteúdo que cada um produz, não tenha realmente importância, e sim, os likes são os protagonistas. Ainda que sejam falsos. Esse mundo tá muito louco.

Caso a medida seja implantada, os likes apareceriam apenas para os produtores de conteúdo, e assim que solicitados, poderiam fornecer essa informação. Assim como acontece aqui, no mundo dos Blogs.

Menos ansiedade, menos competição, menos mercado de automação e distúrbios emocionais. Acredito nessa medida, como algo bom e reparador, a curto prazo. Espero que tenham um planejamento de ações para cada vez mais conseguirem separar o joio do trigo e melhorar a “convivência” socia na rede.

Seguimos aguardando ansiosamente a mudança. E você? Acha o que do assunto?

2 Comentários

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.

BH Dicas

CONECTE-SE