Como eu era antes de você

Bora chorar?

Eu não sei se é porque fico emocionada até com propaganda do correio, mas esse filme é de molhar a toalha de banho com as lágrimas.

Resuminho básico: Will é um cara rico e sempre levou uma vida animada, festas, esporte e muitas viagens, até que... sofre um acidente e fica na cadeira de rodas. Um quadro depressivo de instala e os pais se preocupam. É aí que Louisa Clarke é contratada para cuidar dele. Ela é humilde, passa por dificuldades financeiras e tenta de tudo para trazer alegria para a vida de Will.

 

Acho que não posso contar muito mais do que isso sobre a história do filme. A abordagem dos temas não é nova, claro. Tem vários outros filmes que falam sobre o assunto de várias formas. Mas achei gostoso de ver, o tempo passa super rápido e a todo tempo passa uma mensagem, fazendo a gente refletir, sabe?

Quando acabou, fiquei pensando em como está nas nossas mãos decidir o que sentimos e fazemos diante das situações difíceis. Parece óbvio, mas não é. Os imprevistos, como o próprio nome diz, podem chegar a qualquer momento na vida de qualquer pessoa. Mas como vamos lidar com eles é o grande “pulo do gato” e a escolha é muito pessoal.

Cada pessoa tem uma história de vida, uma criação, valores, sonhos, ideais. O que para mim é muito valioso, para o outro pode não significar nada. E vice-versa. E está tudo bem, sabe? Não dá para julgar ninguém. Só a própria pessoa tem autonomia para decidir o que fazer, como e quando. O filme é baseado em fatos reais e dizem que é bem fiel ao livro (eu não li, então não sei..), mas se for é bem inusitado, né? Quase nunca filmes superam os livros…

É um pouco sessão da tarde? É sim, mas eu adoro. É Clichê? Também.. olha o tema. Um pouco polêmico? Eu não acho, mas você vai precisar assistir e depois vir aqui me contar. Que estou curiosa para saber! Tá no Telecine Play.

Até!

Sem Comentários ainda

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.

BH Dicas

CONECTE-SE